O Profeta de Deus para esta era

O Profeta de Deus para esta era

Quem é William Marrion Branham?

Visando um melhor esclarecimento a respeito do conteúdo tratado nesta página, nos empenhamos em fazer esta introdução, afim de que qualquer usuário possa conhecer a razão deste trabalho e seu respectivo valor.

Sabemos que a sociedade em que vivemos sofreu profundas transformações desde de o início do século XX e estas mudanças influenciaram o comportamento humano de tal modo que muitos valores perderam seus significados ou importância através das gerações, sendo que hoje, como nunca se viu antes (exceto na era antidiluviana) a ciência tem se multiplicado de uma forma espantosa: automóveis, aviões, naves espaciais e todo conjunto informatizado no mundo monitorado por satélites.

Com tudo, todas estas coisas foram profetizadas por alguns profetas do Antigo Testamento, como Daniel em seu livro no capítulo 12. Além disso, no Novo Testamento, o Senhor Jesus Cristo falou de como a situação estaria nos finais dos tempos: as pessoas estariam como nos dias de Noé, isto é, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento (divórcio) - Lucas 17 - e no livro de Apocalipse nos é profetizado que esta era seria rica em coisas materiais e pobre em coisas de Deus.
Agora, a Bíblia afirma que Deus nunca traz juízo ao mundo sem antes adverti-lo. Vemos na época de Elias quando o povo de Israel havia se afastado de Deus, seguindo idolatrias, este profeta apareceu lutando contra as coisas erradas mostrando ao povo o caminho correto; também podemos citar João Batista, que foi profetizado como precursor da primeira vinda de Cristo. Este profeta também atuou da mesma forma: condenou o pecado e o sistema religioso daquela época, apontando Cristo como Messias e Absoluto.

Então percebemos que quando as coisas não estão corretas e Deus está para fazer algo, Ele envia um mensageiro. Mas porque enviar um mensageiro ou profeta? Amós 3:7 responde e Êxodo 20:18-19 também. É importante esclarecer também que o povo sempre espera algo grande, maravilhoso, mas assim como o povo na época de Cristo, não o reconheceu, pois veio em humildade e simplicidade, sabemos que poucos nestes dias reconhecem que Deus tem enviado um profeta. Podemos afirmar isto, pois a Bíblia nos diz claramente em Malaquias 4 versículos 5 e 6. Confrontando estes versos com o que Jesus disse em São Mateus 17, quando os discípulos interrogaram-no a respeito do Elias que viria, Ele lhes respondeu que Elias viria e restauraria todas as coisas (restaurar algo que havia caído, posto em esquecimento no tempo futuro) e depois falou sobre João Batista. Em Apocalipse 10:7, fala do sétimo anjo em que quando tocasse sua trombeta, se cumpriria o segredo, como havia anunciado aos profetas.

Como havia dito antes, reconhecer o que Deus está fazendo é para não muitos. Mas o ministério do nosso precioso Irmão Branham, o qual cremos que ele é o mensageiro desta era, foi vindicado por sinais e maravilhas, e o que é mais importante (mostrando-nos ser verdadeiro o seu ministério), é que a doutrina por ele pregada foi baseada unicamente, na dos Apóstolos, na doutrina de Paulo, enfim, a Revelação Completa de Jesus Cristo.

Assim como para Moisés foi dado dois sinais (leia Êxodo), o Irmão Branham foi comissionado da mesma forma, sendo que um dos sinais era a oração pelos infermos operando cura e o segundo foi dado-lhe a conhecer os segredos dos corações das pessoas. Isto nunca falhou. Este ministério foi cercado de visões e profecias, curas impossíveis para a medicina e ressurreição dos mortos, quando testemunhas do mundo inteiro poderiam testificar, porém não teríamos espaço para descrever tais testemunhos nesta página.

Um dos grandes sinais, a Coluna de Fogo (foto acima), que foi captada pela máquina fotográfica, sobre a cabeça do Irmão Branham em uma reunião em Huston, Texas, em Janeiro de 1950. Esta foto foi investigada pelo FBI, e comprovou ser genuína e verdadeira. A Coluna de Fogo o acompanhou desde o seu nascimento em 1909 e durante um culto batismal em 1933 no Rio Ohio, Jeffersonville, Indiana, este Ser Sobrenatural apareceu perante centenas de pessoas, dizendo-lhe "Como João Batista precursou a primeira vinda de Cristo, a sua mensagem precursará a segunda vinda de Cristo".

Prezado amigo, cremos que estamos vivendo nos últimos dias. Os sinais dos tempos nos mostram isso. Algo grande está para acontecer: Cristo virá para buscar sua Noiva e somente aqueles que estiverem preparados através da mensagem presente é que poderá participar das Bodas Celestiais.

Se você deseja saber mais a respeito destas revelações que temos dito, ficaremos satisfeitos em estar lhe inteirando em tudo que estiver ao nosso alcance, lhe respondendo, crendo que tudo que Deus faz é perfeito e que com isto estaremos ajuntando Tesouros Celestiais na Eternidade.

Texto: Ir. Marcen - Uberlândia/MG - Equipe SomenteCrer.

Data: 18/03/2015